Oscar Niemeyer reabre com restrições

Biblioteca Bernardo Élis e o Museu de Arte Contemporânea, continuam sem funcionar

Após quase seis meses fechado devido à pandemia de Covid-19, o Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, volta a receber visitantes a partir deste sábado (05/09). Apenas a Esplanada Juscelino Kubitscheck estará aberta ao público para a prática de esportes e lazer.

Os demais espaços, como o Monumento aos Direitos Humanos, o Palácio da Música, a Biblioteca Bernardo Élis e o Museu de Arte Contemporânea (MAC), continuam sem funcionar.

A reabertura do pátio ocorre deste sábado até o feriado de segunda-feira, 5 a 7 de setembro, com capacidade limitada. Serão permitidos 100 carros no estacionamento, único local de entrada, já que o acesso pela GO-020 continuará fechado. O funcionamento será das 9 horas ao meio-dia e das 16 horas até às 22 horas.

De acordo com o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, a abertura permanente do CCON vai depender do comportamento da população nesses três dias de funcionamento. “Haverá medição da temperatura na entrada, vamos fiscalizar o cumprimento do distanciamento social e o uso de máscaras. Será um teste para avaliarmos se a reabertura definitiva é viável”, afirmou.

A diretora do CCON, Mara Publio, frisou que aglomerações não serão permitidas e pediu a colaboração dos visitantes. “Vamos cumprir as regras de distanciamento, higienizar as mãos com álcool 70%. Traga sua garrafa de água porque não vamos fornecer no local”, recomendou.

O Centro Cultural Oscar Niemeyer estava fechado para visitação desde o dia 16 de março. Na reabertura ao público, o Palácio da Música, conhecido popularmente como “cúpula”, vai receber a iluminação alusiva ao Setembro Amarelo, campanha nacional de prevenção ao suicídio. A realização de shows e eventos no local continua suspensa, sem data para a retomada.

Serviço:
Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer: Av. Dep. Jamel Cecílio, Km 01 – Chácaras Alto da Glória, Goiânia – GO
Data: 5 a 7 de setembro
Horário: 9 às 12h – 16 às 22h