Paraciclista goiano participa de Mundial no Canadá e treina para Tóquio 2020

Tricampeão nacional de paraciclismo, Victor Luise está entre os favoritos para integrar a Seleção Brasileira nas Paralimpíadas do Japão

O paraciclista goiano Victor Luise se prepara para participar de mais competição internacional. Desta vez, ele embarcará com a delegação brasileira para o Canadá, para o Mundial de Pista de Milton, cidade que fica a 40 quilômetros de Toronto. As provas serão realizadas de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Antes, segue para Indaiatuba (SP) no próximo dia 20 para uma semana de pré-treinos.

Esta é mais uma das competições que vem somando pontos classificatórios para o atleta, que segue na busca por uma vaga para as Paralimpíadas de Tóquio, no Japão. Com a pontuação atual, ele está entre os três favoritos para integrar a Seleção Brasileira para os Jogos Paralímpicos, segundo o ranking da Union Cycliste Internationale (UCI).

“Estou confiante e treinando muito para conseguir esta oportunidade de representar meu país em Tóquio. Será a concretização de um sonho, resultado desse que é um trabalho diário, que requer dedicação, foco e determinação”, revela Victor Luise. Neste ano, a previsão é que o paraciclista esteja na delegação brasileira em competições em quatro países, cinco estados brasileiros e em mais de 20 cidades.

Jornada

Desde 2018, Victor vem treinando forte e participando de competições nacionais e internacionais. Nos últimos dois anos, pedalou na Itália, Bélgica, Holanda e no Brasil, nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Hoje, o paraciclista mantém os títulos de tricampeão brasileiro de Paraciclismo de Estrada e Contrarrelógio categoria C2 (CBC), campeão no Circuito Pan-Americano de Paraciclismo de Estrada e Contrarelógio C2, vice-campeão mundial MTB 24 horas, e ocupa o 13º lugar no ranking internacional da UCI.

Brasil, Rio de Janeiro, Mundial de Paraciclismo de Pista – Velodromo – Parque Olimpico. Dia de treino de equipes BRASIL – Foto: ©Marco Antonio Teixeira/MPIX/CPB

Conheça Victor Luise

Em 2000, aos 18 anos, Victor Luise sofreu um acidente de moto e teve a perna direita amputada. Dois anos depois, iniciou sua trajetória profissional no esporte através do halterofilismo. A migração para o ciclismo começou em 2014. No ano seguinte, após uma luxação no braço, foi totalmente impedido de levantar pesos e, desde então, se dedica exclusivamente às bicicletas.