Foragido acusado de estuprar e engravidar criança de 10 anos é preso em Goianésia

A Polícia Civil de Goianésia-GO, prendeu nesta quinta-feira (04), um foragido da justiça acusado de estupro de vulnerável. O homem de 39 anos de idade, foi condenado a 21 anos de prisão. O crime teria acontecido em uma fazenda da zona rural de Bairro Alto há 10 anos.

A vítima, uma criança de 11 anos, era enteada do acusado que chegou a engravidar do padrasto. Em um ano ele teria mantido ao menos 15 relações sexuais com a vítima, que na época do primeiro ato tenha 10 anos. Com o nascimento do bebê, após a gravidez de risco, o homem chegou a registrar o filho.

Depois da condenação, ele ficou apenas seis anos preso e entrou no regime semiaberto, porém, ao descumprir as regras passou a ser considerado foragido da Justiça desde 2017.

A polícia chegou ao foragido após que receber uma denúncia anônima no “Disque Denúncia”. Ao ser abordado, não esboçou nenhuma reação e confirmou a acusação contra ele. Levado para a Delegacia de Polícia, foi ouvido e encaminhado ao presídio de Barro Alto.