Dra. Cristina lança pré-candidatura à prefeitura de Goiânia ao lado de Magda Mofatto

Magda Mofatto: “O PL tem uma excelente candidata e condições de enfrentar Iris Rezende”.

Na tarde de hoje (12), em coletiva de imprensa no escritório político da deputada federal Magda Mofatto (PL), a vereadora Dra. Cristina (PSDB), lançou sua pré-candidatura a concorrência ao paço municipal de Goiânia em 2020.

Segundo a vereadora, o Partido Liberal (PL) foi o partido que deu segurança a ela, além de ter duas deputadas federais com votações expressivas (Magda Mofatto e Soraya Santos), que defendem a pauta da mulher.

Sobre projetos para Goiânia, Cristina declara que o mesmo foi construído ao longo dos seus seis anos de mandato como vereadora e que como relatora do Plano Diretor na Câmara Municipal, fez toda análise da situação do plano, além de visitas técnicas, o que trouxe fundamentos para construir um excelente projeto para Goiânia.

Magda diz que o PL tem uma excelente candidata e condições de enfrentar Iris Rezende (MDB) e declara que o partido já enfrentou o atual prefeito em outras disputas. Para Cristina, não lançar candidatura seria uma omissão, pois o povo goianiense tem direito de escolher outras alternativas a Iris.

Dra. Cristina lança pré-candidatura à prefeitura de Goiânia ao lado de Magda Mofatto
Foto: Reprodução/Ascom

PSDB

Dra. Cristina ainda está filiada no PSDB e em março ela se filia em PL e automaticamente estará desligada do partido tucano. “O PSDB é um partido que eu tenho grandes amizades e respeito muito grande, mas a vida tem ciclos e o ciclo no PSDB se encerrou”, disse Cristina.

Para Dra. Cristina, o PSDB fez uma oculta escolha pelo deputado estadual Thales Barreto, e que essa escolha não levou em conta números de votos. “Eu fiz 20.350 votos na capital, na eleição de 2018, o deputado fez 3 mil votos. Então não é consistência eleitoral e nem projetos que o PSDB fusca, e nós vinhemos para um partido que respeita projetos e quer uma eleição vitoriosa”, disse a pré-candidata.